Designer – Identidade e Satisfação


Olá, tudo bem?

Certamente que já viu logotipos de empresas, banners informativos, cartazes, revistas, jornais, websites entre outras criações do género e em algum momento terá se perguntado que profissional fez, certo?

Segura a curiosidade e me acompanhe…

Hoje vamos abordar um pouco sobre esta vasta área de actuação, a qual também trabalho e que vem se destacando a cada dia no mercado moçambicano, embora ainda com muitos e grandes desafios.

Nos dias de hoje é dificil não ver um trabalho de um designer gráfico. Geralmente este profissional trabalha em uma gráfica, agências de publicidade e comunicação, departamentos de marketing de empresas, ou de forma autónoma como freelancer.

Mas afinal de contas Quem é e o Que Faz um Designer Gráfico?

Antes de aprofundarmos quem é e o que faz um designer gráfico é necessário exclarecer que o mesmo actua na área de Design gráfico, que por sua vez é um segmento do Design Visual. Click aqui para mais detalhe.

Portanto, Design Gráfico é o segmento do Design Visual em que um “Designer projeta soluções funcionais e de apelo estético através da comunicação visual aplicadas em peças gráficas. Esta comunicação é realizada através do uso de imagens, textos e ou ilustrações que são distribuídos harmoniosamente aplicando-se os fundamentos do design necessários.

Quem é Designer Gráfico? Um designer gráfico pode ser qualquer indivíduo que conheça e domine as linguagens, ferramentas e conceitos do design gráfico. É importante frisar que esse conhecimento pode ser adquirido de maneira formal (curso superior, técnico etc.) ou de forma autodidata.

O design em geral, e o design gráfico em particular, é um campo de estudo extremamente amplo e “a resolução de problemas de design exige técnicas diversas e bastante complexas. Sendo assim, nem todo designer (gráfico) será apto a resolver todos os tipos de problemas.”

O Que Faz um Designer Gráfico? Criar soluções de projectos de comunicação visual que respondam as necessidades do mercado é o papel fundamental do designer gráfico.

Este profissional  pode actuar em projectos gráficos impressos como revistas, jornais, livros, etc., assim como digitais tais como a criação visual de sites, banners para a internet, peças audio-visuais, etc.

A evolução e inovação tecnológicas do mundo digital, o uso de softwares como Photoshop, Illustrator, Corel Draw, InDesign, Adobe Premiere Pro, After Effects, entre outros, e a aplicação das mais diversas técnicas de design gráfico, possibilita a criação de projectos de comunicação visual espectaculares, frutos da criatividade do designer gráfico, tais como, desenvolimento de marca gráfica, identidade visual, criação e animação gráficas 2D e 3D, vinhetas, entre outros.

Qual é o perfil de um Designer Gráfico? Quero acreditar que as principais características que podem favorecer alguém a ser um bom designer gráfico são essencialmente gostar de resolver problemas e a vontade de estar constantemente a aprender.

No entanto, existem outras características bastante relevantes que “podem indicar se alguém tem ou não perfil para actuar na área de design gráfico, tais como:”

  • Gostar de arte e eventos culturais;
  • Ter bom senso estético;
  • Saber trabalhar em equipa;
  • Gostar de tecnologia;
  • Saber expressar ideias;
  • Ser comprometido com resultados

“Existem designers que sabem pouco sobre muitas áreas dentro do design, outros que buscam se especializar em áreas específicas, outros sabem muito sobre tudo. Isso varia de acordo com o tempo de experiência e a dedicação do profissional em aprender várias coisas. Cada um desses profissionais resolve um tipo diferente de problema, de uma forma diferente.”

Mercado de actuação do designer gráfico e polémicas

Um designer gráfico pode trabalhar em instituições públicas ou privadas que têm a necessidade de criação de projectos de comunicação visual, tais como: agências de publicidade, produtoras de vídeo e cinema ou emissoras de TV; departamentos de comunicação e marketing de empresas, editoras, escritórios e estudios de design, gráficas…; Pode ainda seguir carreira académica na área da docência ou actuar como freelancer.

No entanto, infelizmente, o trabalho do designer gráfico é bastante menosprezado. Frases do tipo “você vai me cobrar isso tudo por um desenho?” ou “você vai me cobrar isso tudo por algo que vai levar uma hora para fazer?” são bastante comuns.

Parece que existe a impressão de que design gráfico é um trabalho que pode ser facilmente executado por qualquer um. Todavia, “o que deve ser levado em conta é que muitos designers estudaram e estudam muito (design está sempre mudando e evoluindo e necessita de estudo constante) para conseguirem executar os seus trabalhos o mais rápido e com maior precisão.”

Se chegou até aqui conseguiu perceber que a área de actuação do designer gráfico é bastante ampla, que é um trabalho difícil, que exige estudo e por isso deve ser valorizado.

Conseguiu conhecer um pouco sobre o designer gráfico? Tem alguma dúvida ou algo que gostava que explorasse melhor? Deixe a sua opinião nos comentários. Ajude a melhorar o artigo, até já…

7 comentários em “Designer – Identidade e Satisfação”

  1. Pingback: Deixe-me designhar… Conheço os objectivos – One Click Mozambique

  2. Pingback: A CRIATIVIDADE NO DESIGN – É INSTIGADA OU É ALGO NATO? – One Click Mozambique

  3. Pingback: Identidade Visual – por que se deve ter?! – One Click Mozambique

  4. Pingback: Diário de um Designer – One Click Mozambique

  5. Pingback: As vantagens de usar animações em publicidade – One Click Mozambique

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *